Optmus - A misteriosa inteligência artificial

Andrew Bogard (Andy) e SAM V resolvem procurar o laboratório do Prof. Jordan afim de tentar reativar o androide em pedaços que possuem. O laboratório do professor já está fechado a 2 anos e foi trancado por ordem do governo, mas os dois sabem que não há nada de perigoso lá dentro e conseguem entrar, o primeiro problema foi transportar os pedaços do androide até lá, eles tiveram que desmontar mais ainda as partes para caber em diversas bolsas e mochilas e assim transportar de avião para os EUA. Para isso criaram uma camada extremamente fina e protetora sobre as caixas impedindo que um detector de metais acusasse as partes mecânicas, o segundo problema é que só poderiam usar o laboratório a noite para não levantar suspeitas. Sam praticamente não dorme, mas Andy precisa descansar algumas horas por dia, o que não atrapalha o progresso da dupla. Somente o estudo do andróide demora mais de uma semana e a única coisa que eles descobrem é que o HD de dados esta quase que completamente queimado e na cabeça do robô encontram uma espécie de detector místico, que esta programado para “ativar” quando algum efeito de tempo é feito perto dele. Retirando esse detector por motivos de segurança e também para usos futuros a dupla continua remontando o androide e aprendendo sobre ele. A tecnologia da Tecnocracia é algo impressionante, aparentemente esse modelo foi construído na década de 50, imagina o que eles teriam hoje em dia? A remontagem demora semanas com que os tecnomagos acham que esta certo. Quando o Androide esta completamente remontado para surpresa dos dois ele continua sem funcionar. O que será? A bateria esta correta. Tudo esta perfeitamente encaixado, nenhum fio fora do lugar. Será que ele se foi para sempre? Será que é impossível reaver o robô e impossível também reprogramá-lo. Já um pouco irritados, a dupla começa a usar todas as rotinas conhecidas para ver o que estaria errado com aquele androide. Sam e Andy resolvem usar matéria para juntar pequenos pedaços que estão rachados, mas sem sucesso devido a liga mística de que o androide é feito. Então Sam tem a ideia de pluga-lo na rede dos adeptos, talvez conseguisse acessar completamente o Main Frame do Hit Mark IV, mas quando Sam faz vários equipamentos no laboratório começam a explodir, algo estava vindo da rede para o andróide, Andy tenta puxar os cabos que estão conectados e recebe uma descarga elétrica que o arremessa do outro lado do laboratório. Um apagão em todo o instituto acontece, quando a luz volta alguns segundos depois, Andy começa a abrir os olhos e vê o gigantesco Androide o encarando fazendo ruídos como se estivesse tentando sintonizar frequências de radio. No susto Andy grita! O Andróide também grita! Mas Sam percebe que na verdade era o grito da música Thriler de Michael Jackson, por um momento o jóvem ri, mas rapidamente volta a ficar preocupado. Andy se levanta e caminha lentamente até perto de Sam, o Andróide o acompanha com a cabeça ainda fazendo o barulho de sintonizar radios, Sam e Andy em um jesto de “paz” estendem a mão para o andróide, ele estende em retribuição o braço que antes era uma metralhadora giratória e que agora é apenas um “cotoco”, como se estivesse imitando o movimento dos dois. Neste momento Andy e Sam percebe que ele estava aprendendo, copiando os dois.
Na semana que se seguiu o “Optimus” como foi apelidado pelos tecnomagos em homenagem a uma série chamada “Transformers” continuou aprendendo em rítimo acelerado, ele era como um HD vazio, qualquer conhecimento era absorvido em um rítimo mais rápido que de uma criança. Ele aprendeu a se transformar em carro novamente, um “belo” impala azul metálico, que estava com a lateria bem comprometida, devido a explosão, mas nada que um pouco de “lanternagem” e criatividade não resolvessem. Optimus foi apresentado para o resto da Cabala, Bonnie foi uma das que mais gostou do Andróide, segundo a bruxa ele era “lindo”, Carlos não simpatizou muito com um ser “sem alma”, ao lado deles e Long se empolgou um pouco quando viu que Optimus tentava copiar seus movimentos de treino enquanto o observava. Agora a cabala tinha um aliado poderoso, mas o mistério sobre o que tentou, ou conseguiu, entrar na cabeça de Optimus ainda continuava. O que será que aconteceu?

Optmus - A misteriosa inteligência artificial

Mago A Ascensão - Um Novo Mundo, uma história antiga otavio_goldoni